top of page

Transtorno de ansiedade




Os transtornos de ansiedade costumam apresentar características de medo e ansiedade em excesso, além de e perturbações comportamentais relacionadas. Essa é a classificação oficial segundo o texto do DSM-V. Ainda de acordo com o DSM-V, os transtornos de ansiedade são diferentes de meras sensações de medo ou ansiedade por serem excessivos ou persistirem além de períodos considerados apropriados. O manual também destaca as características dos vários tipos de transtorno de ansiedade.

 

TIPOS DE ANSIEDADE

  • Transtorno de ansiedade de separação;

  • Mutismo seletivo;

  • Fobia especifica;

  • Fobia social;

  • Transtorno de pânico;

  • Agorafobia;

  • Transtorno de ansiedade generalizada;

  • Transtorno de ansiedade induzido por substância medicamento;

  • Transtorno de ansiedade devido a outra condição medica;

  • Outro transtorno de ansiedade especificado;

  • Transtorno de ansiedade não especificado.

 

CRITÉRIOS

São considerados critérios diagnósticos de acordo com o DSM-V:

  • Preocupação persistente em excesso por eventos indesejados;

  • Afastamento de casa ou de figuras importantes;

  • Perda por morte de entes queridos;

  • Recusa em sair de casa;

  • Relutância em dormir sozinho, entre outros.

 

PRINCIPAIS SINTOMAS

  • Sudorese;

  • Falta de ar;

  • Náusea e vômitos;

  • Dificuldades para dormir;

  • Dores de cabeça;

  • Irritabilidade;

  • Tremores;

  • Tensão muscular;

  • Sensação de fraqueza ou cansaço.

 

O transtorno de ansiedade requer atenção médica pra ser possível receber a indicação de tratamento adequada. Afinal, cada paciente tem necessidades diferentes que podem ser atendidas por abordagens bem distintas.


TRATAMENTOS

  • Psicoterapia: A psicoterapia é geralmente conduzida por um psicólogo. O objetivo dela é ajudar o paciente a descobrir e lidar com as raízes e gatilhos de seu quadro de ansiedade.

  • Medicamentos: O uso de medicamentos receitados por um profissional médico, como é o caso de um psiquiatra, também costuma fazer parte de um tratamento contra a ansiedade.

  • Tratamentos complementares: Existem outras formas de tratar um transtorno de ansiedade que servem como complementos aos métodos clássicos. Ou seja, são iniciativas que aumentam as chances de sucesso de tratamentos como a psicoterapia e o uso de medicamentos. Exemplo: meditação e atividades físicas.

 

REFERÊNCIAS


AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION - APA. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5. Porto Alegre: Artmed, 2014.



23 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page