top of page

Psicopedagogia

Atualizado: 27 de mar. de 2023


A Psicopedagogia é uma área que estuda a aprendizagem em suas diferentes relações e circunstâncias. O profissional trabalha tentando entender dificuldades e melhorar os processos de assimilação de conhecimento.


“Para o Psicopedagogo, aprender é um processo que implica pôr em ações diferentes sistemas que intervêm em todo o sujeito: a rede de relações e códigos culturais e de linguagem que, desde antes do nascimento, têm lugar em cada ser humano à medida que ele se incorpora a sociedade.”(BOSSA,1994,pág 51)


A Psicopedagogia pode atuar a partir das seguintes perspectivas:


  • Clínica: Seu objetivo é superar as dificuldades apresentadas e principalmente ensinar o paciente a aprender. A aprendizagem acontece por meio da interação entre estímulo e cognição. Portanto, o profissional utiliza diferentes recursos para gerar esse resultado.

  • Institucional: acontece nas escolas e tem por objetivo prevenir as dificuldades de aprendizagem e, consequentemente, o dito "fracasso" escolar.

  • Pesquisa: compõe um conjunto de conhecimentos que auxiliam na investigação sobre os fenômenos dos processos de aprendizagem humana.



Assim, é indicada na infância quando:

  • a criança apresenta dificuldades de aprendizagem ou de atenção;

  • tem problemas em se relacionar com os colegas de sala;

  • apresenta dificuldade com lógica, leitura ou escrita;

  • não tem motivação de aprender novidades;

  • não mostra interesse nos estudos mesmo quando outras abordagens são tomadas.

Na vida adulta, os problemas são bem parecidos:

  • baixo desempenho no trabalho ou nos estudos;

  • falta de motivação em aprender novas informações;

  • problemas em entender conteúdos e interpretá-los;

  • dificuldade com raciocínio lógico;

  • falta de atenção e foco.


Materiais psicopedagógicos


1. TDE II

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: Avaliar habilidades básicas de leitura, escrita e aritmética com fins diagnósticos e clínicos de planejamento e intervenções clínico-educacionais.

Público alvo: Crianças do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental brasileiro.

Aplicação: Individual ou coletiva.

O TDE II avalia habilidades básicas de leitura, escrita e aritmética podendo ser utilizado não apenas como uma triagem universal do processo de aprendizagem desses três domínios do desempenho escolar, mas também como instrumento de avaliação ou como parte de uma bateria de instrumentos com fins diagnósticos e clínicos de planejamento e intervenções clínico-educacionais



 

2. INELE

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: construído com base em modelos teóricos da Neuropsicologia Cognitiva e de práticas efetivas de ensino de habilidades de leitura e de escrita, visa promover o desenvolvimento de ambas as competências em crianças do 1º ao 4º ano do Ensino Fundamental, por meio da estimulação de componentes da linguagem oral e escrita, memória e aspectos metacognitivos e metalinguísticos.

Público alvo: Crianças do 1º ao 4º ano do fundamental.

Aplicação: Individual ou coletiva.

O Programa INELE é uma ferramenta de intervenção/instrução não restrita, que pode ser aplicada em contexto escolar e clínico, por profissionais de saúde e educação também.


 

3. EMA-EF

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: A Escala de Motivação Para Aprender de Alunos do Ensino Fundamental (EMA-EF) avalia a orientação geral para aprender de estudantes do ensino fundamental, baseada na teoria da Autodeterminação.

Público alvo: Crianças e adolescentes entre 7 e 16 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva.

Ela auxilia os profissionais a tomarem decisões sustentadas na avaliação da motivação para aprendizagem, por intermédio de um conjunto de questões que permite caracterizar o tipo de motivação do estudante (extrínseca ou intrínseca) em situações de aprendizagem.



 

4. EAME-IJ

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: A Escala para Avaliação da Motivação Escolar Infantojuvenil (EAME-IJ) fornece três tipos de medidas sendo, uma relacionada à motivação escolar intrínseca, outra à extrínseca e à motivação escolar geral da pessoa.

Público alvo: Crianças e adolescentes de 8 a 11 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva.

Não ultrapassando 10 minutos e sua utilização é dirigida a profissionais da área educacional.



 

5. CORUJA PROMAT

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: Verificar se as competências numéricas básicas foram adquiridas e, em caso de defasagem na aquisição dessas competências, indicar a(s) área(s) de concentração das dificuldades.

Público alvo: Crianças do 1º ao 5º ano do ensino fundamental (6 a 13 anos).

Aplicação: Individual ou coletiva.

A partir da aplicação do roteiro, podemos identificar com maior exatidão áreas prioritárias para a intervenção especializada.

 

6. Avaliação da compreensão leitora de textos expositivos

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: Auxiliar psicopedagogos e fonoaudiólogos na avaliação da compreensão leitora de alunos com queixa de dificuldades de aprendizagem e leitura.

Público alvo: Voltado para crianças e adultos com escolaridade a partir da 2ª série do Ensino Fundamental até idade adulta.

Aplicação: Individual.

Este material apresenta textos expositivos, com tipos de organização diferenciados.




 

7. CONFIAS - Consciência fonológica instrumento de avaliação sequencial

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: Avaliar a consciência fonológica de forma abrangente e sequencial. A utilização deste instrumento possibilita a investigação das capacidades fonológicas, considerando a relação com a hipótese da escrita

Público alvo: A partir de 4 anos de idade.

Aplicação: Individual.

Contribui para a prática na alfabetização e instrumentaliza profissionais de diferentes áreas como fonoaudiólogos, psicopedagogos, psicólogos e educadores, podendo também, subsidiar pesquisas acadêmicas na área da linguagem, da psicologia cognitiva e da educação.



 

8. Contos de Fadas e Psicopedagogia

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: Levar a criança a se apropriar do processo de alfabetização.

Público alvo: Crianças em qualquer nível da escrita.

Aplicação: Individual.

Dar recursos para a avaliação de crianças que apresentem problemas na aprendizagem da lecto-escrita.



 

9. Papel de Carta

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: Avaliar as dificuldades de aprendizagem apresentadas pelas crianças.

Público alvo: Crianças com idade de 6 a 11 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva.

O teste é composto por 6 lâminas com desenhos infantis, que sugerem temas específicos como: Comunicação, Vinculação Afetiva, Receber Afeto, Interação Familiar, Relação com a Aprendizagem e Prognóstico. A criança conta uma história sobre cada lâmina, que é devidamente anotada pelo aplicador.


 

10. EAB-E Escala de Avaliação do Bullying Escolar

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: É um instrumento que permite a identificação de possíveis autores e vítimas de bullying no ambiente escolar.

Público alvo: Indicado a crianças e adolescentes de 6 à 20 anos que estejam estudando há pelo menos três meses na mesma escola.

Aplicação: Individual ou coletiva.

Não é um instrumento diagnóstico e não se configura como um teste psicológico. Pode ser utilizada por qualquer profissional da área da educação assim como por psicólogos que atuem nessa área ou mesmo na clínica.



 

11. NEUPSILIN-Inf

NÃO RESTRITO A PSICÓLOGOS

Objetivo: Identificar e caracterizar o perfil de funcionamento de processos neuropsicológicos visando a descrição cognitiva associada a diagnósticos em transtornos do neurodesenvolvimento e da aprendizagem.

Público alvo: Crianças do primeiro ao sexto ano escolar do Ensino Fundamental (considerando anos de estudo formal), com idades entre 6 e 12 anos e 11 meses.

Aplicação: Individual.

Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve Infantil avalia componentes de oito funções neuropsicológicas, por meio de 26 subtestes: orientação, atenção, percepção visual, memórias (de trabalho, episódica, semântica), habilidades aritméticas, linguagem oral e escrita, habilidades visuoconstrutivas e funções executivas.



 

REFERÊNCIAS


MARQUES, Tania & PICCETI, Jaqueline. Psicopedagogia: alguns conceitos básicos para reflexão e ação.(2016)





194 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page