top of page

Psicologia do Trânsito



Notícias trágicas no trânsito são comuns. Manchetes como “Motorista morre ao colidir com carreta”, “Grave acidente na RSC-287 deixa cinco feridos” e “Motorista alcoolizada provoca engavetamento e mata jovem” são mais comuns do que gostaríamos. Apesar de simples, o ato de dirigir e o de se locomover envolvem diversos processos cognitivos - como a atenção, memória, processamento de informações, tomada de decisões, entre outros… - e evocam diversos aspectos da personalidade - como agressividade, impulsividade, intolerância à frustração e mais - que podem provocar acidentes.


A psicologia do trânsito estuda o comportamento de pedestres, motoristas e passageiros. Mais amplamente, os fenômenos da locomoção terrestre, aérea, fluvial, marítima e ferroviária. Estes profissionais podem trabalhar:


  • Na avaliação compulsória para obtenção da CNH, identificando por meio dos testes psicotécnicos indivíduos sem as condições mínimas para dirigir;

  • Na gestão de frotas, auxiliando empresas a contratarem e cuidarem de seus motoristas;

  • No estudo e aplicação de leis de trânsito e engenharia do tráfego;

  • Como perito em fases de reabilitação ou readaptação profissional;

  • Em programas voltados à prevenção de acidentes.


Apesar de levar em consideração as condições da via e do veículo, o indivíduo é seu foco. Alguns dos processos analisados para garantir que este tem condições são seu tempo de reação, orientação espacial, processamento de informação e tomada de decisão, memória e personalidade.


Em conjunto com outras áreas de conhecimento (como engenharia e a medicina do trabalho), os psicólogos dessa área estudam formas e aplicam atitudes sempre com a intenção de diminuir a violência e os acidentes no trânsito.



REFERÊNCIAS


Manchetes do site <https://gauchazh.clicrbs.com.br/> com tag "violência no trânsito".


Psicologia do Trânsito - Como ela age na prevenção de acidentes. (2019, julho 8). Trimble Transportation. Disponível em <https://tl.trimble.com/blog/psicologia-do-transito-prevencao-acidentes/> Acessado em 14 de abril de 2022.


Rozestraten, R. J. A. (1981). Psicologia do trânsito: o que é e para que serve. Psicologia Ciência e Profissão, 1(1), 141–143. Disponível em <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98931981000100006> Acessado em 14 de abril de 2022.


O que é psicologia do trânsito? ([s.d.]). Sociedade Brasileira de Psicologia. Recuperado 14 de abril de 2022, de <https://www.sbponline.org.br/2015/10/o-que-e-psicologia-do-transito>


Blog Pearson Clinical Brasil. (2016, setembro 20). O que faz um psicólogo do trânsito? Blog Pearson Clinical Brasil. Disponível em <https://www.pearsonclinical.com.br/blog/2016/profissionais/o-que-faz-um-psicologo-do-transito/>


981 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page