top of page

Orientação profissional

Atualizado: 10 de mai.


A Orientação Profissional (O.P) na Psicologia é um campo de estudo e atuação que tem como objetivo compreender aptidões, interesses, dificuldades e processos de escolha de indivíduos quando o assunto é profissão e carreira. Tudo isso com o objetivo de desenvolver métodos e ferramentas que auxiliem a tomada de decisões nessa área tão importante da vida.


Para Bock e colaboradores (1995) a função do Psicólogo é promover a saúde, e de alguma forma, o trabalho de OP pretende atingir tal objetivo, já que leva o sujeito a se conhecer, no sentido de possibilitar uma escolha mais lúcida, madura, ajustada e de acordo com as habilidades de cada indivíduo. Ao lado disso, segundo Anastasi e Urbina (2000), os inventários de interesses profissionais têm sido usados também para familiarizar o indivíduo com as opções adequadas de ocupações, com as quais não teria contato de outra forma.


A OP na psicologia é feita em algumas sessões que incluem uma entrevista, uma série de testes e, por fim, um delineamento do perfil dos pacientes, feito pelo(a) psicólogo(a).

 

Orientação profissional não é só para adolescentes!


A orientação profissional não é útil somente para adolescentes e jovens adultos se preparando para prestar o Enem. Muita gente pode se beneficiar da orientação profissional de um(a) psicólogo(a), como é o caso de:


  • Estudantes universitários insatisfeitos com o curso e considerando uma transferência de faculdade;

  • Profissionais já formados, mas que querem mudar de área;

  • Profissionais que desejam tomar decisões importantes ou efetuar algum tipo de mudança em suas carreiras;

  • Entre outras pessoas que se encontram diante de algum impasse na vida profissional.

 

Testes utilizados para a O.P


1. AIP - Avaliação dos Interesses Profissionais


RESTRITO À PSICÓLOGOS


Objetivo: Avaliar os interesses profissionais dos jovens.


Público-alvo: De 15 até 39 anos.


Aplicação: Individual ou coletiva, sem limite de tempo, sendo que a maioria das aplicações leva em média de 30 minutos.


O teste é composto por 200 frases, divididas em 100 pares de atividades, que estão relacionadas aos 10 campos de interesses. O jovem seleciona a atividade que mais lhe desperta interesse e registra sua escolha na folha apropriada.

2. Como escolho escolher


NÃO RESTRITO À PSICÓLOGOS


Objetivo: Identificar o padrão de tomada de decisão em jovens ou adultos, assim como os valores priorizados em situações de escolha, relacionando tais mecanismos a decisões no âmbito profissional.


Público-alvo: Adolescentes em fase de primeira escolha e adultos em reescolha, escolha da área de atuação profissional, planejamento ou transição de carreira ou preparação para a aposentadoria.

Aplicação: Individual ou coletiva, sem limite de tempo.


A técnica é composta por situações problema que requerem uma tomada de decisão, seguidas por uma tarefa de identificação dos valores priorizados em cada uma delas.

3. Critérios para Escolhas Profissionais

NÃO RESTRITO À PSICÓLOGOS


Objetivo: Trata-se de um jogo, que tem como objetivo facilitar as escolhas profissionais de jovens ou adultos, promovendo o desenvolvimento da identidade vocacional-ocupacional e treinando a capacidade de decisão autônoma.


Público-alvo: O Jogo pode ser utilizado com jovens ou adultos em diferentes momentos ou situações da carreira profissional:

- Orientação profissional ou de carreira;

- Preparação para a aposentadoria;

- Sensibilização para a primeira escolha profissional.


Aplicação: Individual ou Coletiva.

A aplicação é feita em três etapas:

- Definição de critérios para escolhas profissionais e identificação de profissões/ocupações: duração entre 40 e 60 minutos;

- Pesquisa da realidade profissional, etapa que é realizada como tarefa de casa, entre duas sessões;

- Avaliação das profissões/ocupações: duração entre 30 e 50 minutos.


É um jogo psicopedagógico, composto por cinco cartões coloridos contendo palavras-estímulo referentes aos aspectos explorados (Ambiente de Trabalho, Objetos/Conteúdos de Trabalho, Atividades de Trabalho, Rotina de Trabalho, Retornos do Trabalho), podendo ser utilizado por profissionais que se interessem em estimular uma reflexão sobre as escolhas profissionais.

4. EAE-EP Escala de Autoeficácia Para Escolha Profissional


RESTRITO À PSICÓLOGOS


Objetivo: A Escala de Autoeficácia Para Escolha Profissional (EAE-EP) avalia a crença de pessoas na própria capacidade de engajar-se em atividades relativas à escolha profissional.


Público-alvo: Jovens de 14 a 21 anos.


Aplicação: Individual e coletiva.


Auxilia os psicólogos a tomarem decisões sustentadas na avaliação da autoeficácia, por meio de quatro fatores: Autoeficácia Para Autoavaliação, Autoeficácia Para Coleta de Informações Ocupacionais, Autoeficácia Para Busca de Informação Profissional e Autoeficácia Para Planejamento de Futuro.


5. EMEP Escala de Maturidade para a Escolha Profissional


RESTRITO À PSICÓLOGOS


Objetivo: Avaliar a maturidade para a escolha profissional e detectar quais dos aspectos que a compõem estão mais e menos desenvolvidos.


Público-alvo: Indivíduos cursando o nono ano do ensino fundamental, primeiro, segundo e terceiro ano do ensino médio; Pessoas que já concluíram o ensino médio e que estão escolhendo sua futura profissão ou ocupação; Alunos universitários em reorientação.


Aplicação: Individual ou coletiva. Não existe limite de tempo para a realização do teste, geralmente são necessários de 15 a 30 minutos para sua execução.


A escala é formada por 45 itens distribuídos em cinco subescalas: Determinação, Responsabilidade, Independência, Autoconhecimento e Conhecimento da Realidade Educativa e Socioprofissional.

6. GOPC Guia de Orientação Profissional e de Carreira


NÃO RESTRITO À PSICÓLOGOS


Objetivo: Tem como objetivo realizar o levantamento de informações pessoais, acadêmicas e profissionais, a fim de proporcionar reflexões que subsidiem o processo de Orientação Profissional e de Carreira.


Público-alvo: Jovens a partir do ensino médio, adultos já inseridos no mercado de trabalho, mas que buscam repensar sobre sua carreira. Pode ser ministrado em aposentados que buscam novos caminhos profissionais.


Aplicação: A aplicação do GOPC é individual e poderá levar até 5 sessões, com aproximadamente 50 minutos cada.


Visa subsidiar, em um processo de orientação profissional e de carreira, a obtenção de informações concernentes à área educacional, pessoal e profissional do indivíduo (orientando), bem como suas preferências por atividades e preferências profissionais.

7. M-ES Escala de Motivos de Evasão do Ensino Superior


NÃO RESTRITO À PSICÓLOGOS


Objetivo: Avalia a força de motivos potenciais para a evasão de estudantes no ensino superior.


Público-alvo: Destinado à indivíduos entre 17 e 65 anos de idade.


Aplicação: É adequada para adultos matriculados no ensino superior e pode ser aplicada tanto de forma individual quanto coletiva, em aproximadamente 20 minutos.


O instrumento é composto por 53 itens, divididos em sete componentes: Motivos Institucionais, Motivos Vocacionais, Motivos relacionados à Falta de Suporte, Motivos relacionados ao Desempenho Acadêmico, Motivos interpessoais, Motivos relacionados à Carreira e Motivos relacionados à Autonomia.

8. TDP Teste das Dinâmicas Profissionais


NÃO RESTRITO À PSICÓLOGOS


Objetivo: Identificar os interesses e preferências profissionais dos adolescentes.


Público-alvo: Adolescentes e Adultos, com idade a partir de 14 anos.


Aplicação: Individual ou coletiva, sem limite de tempo, sendo que a maioria das aplicações leva em média 30 minutos. No caso de aplicações coletivas, sugere-se no máximo 20 jovens.


O teste é composto por 144 atividades diversas, que são classificadas em 12 áreas: Ar Livre; Mecânica; Cálculo; Científica; Persuasiva; Artística; Literária; Musical; Assistencial; Administrativa; Religiosa; e Militar. O jovem classifica cada uma das atividades, de acordo com seu grau de interesse em desenvolvê-las e depois numera sua preferência por áreas descritas. A correção é realizada pela análise quantitativa, pela soma total dos pontos atribuídos para cada uma das respostas do adolescente.


563 visualizações0 comentário
bottom of page