WMT-2 - Teste de Matrizes de Viena - Coleção

Descrição

 

O Teste Matrizes de Viena é um instrumento de avaliação de inteligência geral composta por 18 problemas de raciocínio matricial, cada qual com oito opções de resposta, sendo apenas uma a correta. O indivíduo submetido ao teste deve escolher a resposta que considera mais apropriada em cada problema, atingindo uma pontuação final que informa o seu nível intelectual global.

 

Dados Psicométricos: As propriedades psicométricas da versão brasileira do WMT foram analisadas através do modelo psicométrico clássico (incluindo medidas de fidedignidade, validade de construto e critério) e da análise de itens de acordo com a Teoria de Resposta ao Item.

 

Dados Normativos: Participaram do estudo 1812 adolescentes e adultos: Belo Horizonte/MG (n=856, 47,2%), Lavras/MG (n=492, 27,2%), Porto Alegre/RS (n=22, 1,2%), São Paulo/SP (n=68, 3,8%), Salvador/BA (n = 117, 6,5%), Goiânia/GO (n = 58, 3,2%), Buritis/RO (n = 121, 6,7%), Brasília (n = 51, 2,8%) e Rio de Janeiro (n = 27, 1,5%).

 

Síntese das Normas de Interpretação: As normas de interpretação dos resultados foram obtidas através da transformação da habilidade (teta ou escore z) calculada pela TRI e transformada em escores padronizados. Os escores estão apresentados para conversão nas escalas de QI de desvio, estaninos, escore T e percentis.


Ficha técnica

 

Contém: 01 Manual; 02 Cadernos de aplicação (reutilizáveis); 25 Folhas de respostas.

População: O instrumento é destinado à indivíduos de 14 a 69 anos de idade.

Aplicação: Individual ou coletiva.

Tempo de aplicação: Há dois formatos de aplicação. Um com o limite de tempo de 30 minutos e outro com tempo livre (cujo tempo médio varia de 30 a 35 minutos).

Contexto recomendado: Clínico, Organizacional e Trânsito.

 

 

INSTRUMENTO RESTRITO A PSICÓLOGOS

CONFIANÇA

em avaliações psicológicas