O Sistema AMDP - Bloco de Respostas

Descrição

 

O que é delírio? O que é alucinação? O primeiro passo para estudar um assunto é dar nome aos objetos de investigação. O sistema AMDP (em alemão: grupo de trabalho para metodologia e documentação em psiquiatria) unifica a nomenclatura e esclarece a correta utilização dos termos que definem as vivências mais comuns em pacientes psiquiátricos . Traduzido para diversos idiomas, o sistema AMDP serve de guia para o aprendizado e utilização da linguagem psicopatológica, isto é, ensina a nomear os sinais e sintomas que acometem aqueles que sofrem de transtornos mentais.

 

Inicialmente um projeto das grandes universidades da Alemanha e Suíça, o AMDP acabou se tornando a principal ferramenta de registro psiquiátrico na Europa continental. Ao unificar o linguajar psicopatológico, com base na fenomenologia descritiva, a psiquiatria obteve um instrumento claro, replicável e confiável de investigação do sofrimento psíquico. Utilizado desde 1965 e atualmente na 9a edição, o sistema AMDP acabou se tornando não só um glossário de termos psicopatológicos, mas a base de dados para avaliação dos pacientes psiquiátricos.

 

As utilizações do sistema AMDP são amplas. Desde a avaliação inicial do paciente individual, passando pela investigação da mudança de sintomas após determinada intervenção em grupos de pacientes, chegando à formação de bancos de dados com informações psicopatológicas de dezenas de milhares de indivíduos, o sistema se tornou a base da coleta de informações psicopatológicas nos países de língua alemã. É desta enorme gama de utilizações que emana a utilidade do sistema AMDP, tanto para o aluno iniciante na psicopatologia, quanto ao mais experiente dos pesquisadores.

.

 

Ficha técnica

 

ISBN: 978-85-85439-32-3