Hipnoterapia cognitiva - A importância da hipnose em psicoterapia

Hoje as psicoterapias sozinhas não se bastam mais e certamente necessitam de ferramentas complementares eficazes e com comprovação cientifica dos seus resultados em grandes populações. A literatura dispõe opções como a Terapia do Esquema (Jeffrey Young), Terapia Comportamental Dialética (Marsha Linehan), Dessensibilização e Reprocessamento por Movimentos Oculares -EMDR (Francine Shapiro), Terapia Cognitiva Processual (Irismar Oliveira) e tantas outras. Aqui apresentamos a Hipnoterapia Cognitiva como coadjuvante, mais precisamente a hipnose clínica em parceria com a TCC, mas qualquer abordagem se adapta ao protocolo. A hipnose, principalmente no Brasil tem enfrentado uma série de preconceitos diante da possibilidade de uso em psicoterapia, principalmente na classe dos psicólogos, moldados pela acadêmica que tem sua parcela de colaboração nos mitos e inverdades sobre as técnicas, questionando sua comprovação cientifica. Hoje sites idôneos como MEDLINE e PUBMED, APA-American Psichological Association, IJCEH - International Journal of Clinical and Experiencial Hypnosis (Jornal da APA) apresentam mais de 2500 artigos dando evidencias da comprovação. Aqui nos propomos a justificar a relevância da Hipnose nas intervenções psicoterapêuticas, como ferramenta integrativa e que vem qualificar o atendimento e quem ganha com isso é o paciente. Nosso trabalho define a preparação, apresenta o protocolo, aponta caminhos eficazes da parceria e especifica as situações onde a utilização da Hipnose em clinica traz melhores resultados. Os resultados são muito expressivos principalmente quando observamos a redução do tempo de tratamento pelo uso de estratégias de auto aplicação tornando o cliente seu próprio hipnoterapeuta.
 
SOBRE O AUTOR
Benomy Silberfarb
Psicólogo clinico - CRP 07/16424, especialista em terapia cognitivo comportamental, Especialista em Hipnose Clínica, formação em Terapia do Esquema, EMDR, Brainspoting, ministrante de cursos no Brasil e Europa, criador da Hipnoterapia Cognitiva no Brasil.

 

Outras informações
Público-alvo da obra: Clínico, entre 24 e 60 anos.
 
Diferenciais da obra: 
Este livro aponta a realidade nua e crua com relação aos preconceitos na área da saúde mental, bem como através de dados consistentes aponta a relevância da Ferramenta em psicoterapia. Desmistifica os bloqueios da má informação e distorção sobre o trabalho.
 
 
DADOS TÉCNICOS
Sinopsys Editora 2020 
Benomy Silberfarb
ISBN: 978-85-9501-165-6
Formato: 16x23
Páginas: 96 

CONFIANÇA

em avaliações psicológicas