EPF-TDAH Manual - Escala de Prejuízos Funcionais

Descrição

 

A EPF-TDAH é uma escala específica para o TDAH, que abarca prejuízos funcionais considerados típicos e relevantes para a população em questão. Ela pode ter grande utilidade para os contextos clínico e de pesquisa, constituindo-se um recurso complementar para fins de diagnóstico, planejamento e acompanhamento do tratamento.

 

O objetivo principal desta escala é explorar os prejuízos funcionais relacionados ao transtorno que adultos possam experimentar em nove importantes áreas do seu dia-a-dia. São elas: Acadêmica, profissional, social, afetivo-sexual, doméstica, financeira, saúde, trânsito e risco legal, sendo as três primeiras listadas como critério D no DSM-5.

 

A EPF-TDAH pode ser utilizada com adultos de 18 a 76 anos de idade, com diferentes níveis educacionais, de forma individual ou coletiva em aproximadamente 10 minutos.  

 

Ficha técnica

 

População: O instrumento é destino à indivíduos entre 17 e 76 anos de idade.

Aplicação: Individual ou coletiva.

Tempo de aplicação: Em média 10 minutos.

Contexto recomendado: Clínico.