top of page

Testes Psicológicos de Atenção

Atualizado: 3 de mar. de 2023


A mente humana tem capacidade limitada de processamento e de memória, apesar de viver rodeada de estímulos. A atenção é um mecanismo de seleção desses estímulos, que protege a mente de ser inundada por excesso de informação e que contribui para sua eficiência. A atenção pode ser um processo automático (atraída por um estímulo muito forte, ex: som ou luz fortes) ou controlado (onde o indivíduo decide conscientemente prestar atenção em algo específico).

A atenção pode sofrer alterações por consequência da idade, de transtornos psiquiátricos e/ou do desenvolvimento e de quadros demenciais.

Os conceitos de atenção mais difundidos são:

  • Atenção sustentada/concentrada: designa a capacidade de manter o foco atencional em dado estímulo durante um período de tempo.

  • Atenção alternada: descreve a capacidade de alternar o foco atencional entre dois ou mais estímulos.

  • Atenção dividida: é a capacidade de partilhar os recursos atencionais entre dois estímulos ou atividades simultâneas.

Medir a atenção é vital para descobrir indícios de transtornos e alterações cognitivas, prever o nível de rendimento e produtividade, além de evitar acidentes.

Áreas da psicologia que se beneficiam com a testagem:

 

Testes Psicológicos que medem a atenção

1. AC - Atenção concentrada

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: Avaliar a capacidade do sujeito de manter a atenção concentrada no trabalho realizado durante um período determinado.

Público-alvo: Adolescentes e adultos, com escolaridade a partir do ensino fundamental.

Aplicação: Individual ou coletiva, com limite de tempo de 5 minutos.

O teste é composto por símbolos. O sujeito deve localizar, entre todos os símbolos da folha, os 3 apresentados como modelos. A correção é realizada pelo total de acertos, pela avaliação quantitativa e qualitativa. Não há suporte informatizado.


 

2. AC-15

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: Verificar a capacidade de atenção dos indivíduos.

Público-alvo: Adolescentes e adultos, com escolaridade a partir do ensino fundamental.

Aplicação: Individual ou coletiva, com limite de tempo total de 15 minutos (5 minutos para cada teste).

O teste é dividido em três partes, em que o candidato deve, dentro do tempo limite, conferir pares de palavras e números. Por meio dos resultados será possível comparar o rendimento nos primeiros minutos e inferir dessa comparação se a pessoa aumentou sua produção com o transcorrer da prova, se a manteve estável ou se a sua produção caiu no final. A consistência do desempenho introduz na avaliação a verificação da fadiga, a resistência à monotonia e de modo indireto o interesse pelo tipo de trabalho realizado. A correção é realizada pelo total de acertos, pela avaliação quantitativa e qualitativa. Há correção online.



 

3. AOL - A/C/D

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: AOL-A avalia a capacidade de o indivíduo direcionar o foco da atenção ora em um estímulo, ora em outro; AOL-C tem como objetivo mensurar a capacidade de uma pessoa focar sua atenção em apenas uma fonte de informação em detrimento de outros estímulos; AOL-D avalia a capacidade de o indivíduo focalizar sua atenção em dois ou mais estímulos simultaneamente.

Público-alvo: Adultos e idosos, de 18 a 70 anos.

Aplicação: On-line, por meio do envio de link ou presencial, de forma individual ou coletiva. O tempo de aplicação para o AOL-A e AOL-C é de 2 minutos e 30 segundos e, para o AOL-D, 4 minutos.

O AOL configura-se como o primeiro teste de atenção on-line aprovado pelo Conselho Federal de Psicologia. Os testes AOL-A, AOL-C e AOL-D podem ser aplicados em conjunto, compondo assim uma bateria de testes de atenção, ou de forma individual, quando apenas um ou dois tipos de atenção são administrados ao avaliado. O formato digital permite o registro do tempo de reação e da sequência em que os estímulos foram selecionados, sendo atribuídas pontuações diferenciadas em função da ordem de execução da tarefa. Além disso, possuem três modelos randômicos e paralelos de resposta para cada tipo de teste, que são apresentados de forma aleatória e com número de estímulos-alvo diferentes por linha. A correção dos testes AOL-A, AOL-C e AOL-D é realizada automaticamente pela plataforma Vetor On-line (VOL). Existem normas de desempenho por idade, região e tempo de reação.






 

4. BFM-1 (TADIM, TACOM E TADIS)

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: Investigar as funções atencionais relacionadas ao ato de dirigir.

Público-alvo: Adultos com idade mínima de 18 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva, todos com tempo determinado.

O TADIM tem por finalidade investigar, avaliar e mensurar a atenção difusa de motoristas ou candidatos à obtenção ou renovação da CNH. O TACOM tem como objetivo a investigação, avaliação e mensuração da atenção concentrada dos motoristas. Já o TADIS investiga a atenção discriminativa. Pode ser utilizado na avaliação psicológica no trânsito, abrangendo candidatos à obtenção da CNH, motoristas que estão mudando de categoria, bem como aqueles que estão renovando os exames. Também pode ser indicado para avaliação neuropsicológica, seleção de pessoal - principalmente vigilantes e seguranças e avaliação de potencial de funcionários.

Conta com correção informatizada.



 

5. BFM-4 (TACOM-C e TACOM-D)

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: Investigar as funções mentais relacionadas ao ato de dirigir, quanto à atenção concentrada.

Público-alvo: Adultos com idade mínima de 18 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva, com tempo determinado (3 minutos).

O teste é composto por placas relacionadas ao trânsito. De acordo com os vários raciocínios envolvidos, o candidato assinala o maior número de respostas corretas dentro do tempo limite. A correção é realizada pelo total de acertos, avaliação quantitativa e qualitativa.

Existem estudos de precisão, validade e tabelas em percentis para o público-alvo de acordo com sua idade e sexo. Não há suporte informatizado.



 

6. BGFM-1 (TEDIF 1, 2 E 3)

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: Um mede a atenção difusa e dois a atenção difusa complexa.

Público-alvo: Adultos com idade mínima de 15 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva, com um tempo determinado (4 minutos).

É composto por três testes diferentes: TEDIF 1, TEDIF 2 e TEDIF 3, sendo um de atenção difusa e dois de atenção difusa complexa que servem para classificar e padronizar as funções mentais relacionadas ao campo cognitivo, representadas basicamente pelos sistemas atentivos, memória e raciocínio lógico. A correção é realizada pelo total de acertos, avaliação quantitativa e qualitativa.

Existem estudos de precisão, validade e tabelas em percentis para o público-alvo de acordo com sua escolaridade. Não há suporte informatizado.



 

7. BGFM-2 (TECON 1, 2 e 3)

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: Investigar, avaliar e mensurar a atenção concentrada.

Público-alvo: Adultos com idade mínima de 15 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva, com tempo determinado (3 minutos e trinta segundos).

As funções mentais investigadas são a atenção concentrada complexa por meio dos seguintes testes: TECON 1, TECON 2 e TECON 3. No volume 1 são formuladas considerações neuropsicológicas sobre os testes de atenção concentrada, abordando a avaliação da atenção nos diferentes contextos, as relações funcionais da atenção e o envolvimento dos circuitos neuroanatômicos, bem como a utilização da memória operativa na execução desses testes. O enfoque neuropsicológico dado sobre a atenção e a emoção possibilita tanto a visualização dos percursos cerebrais das vias corticais e subcorticais como também as interferências das emoções nos sistemas atentivos.

Existem estudos de precisão, validade e tabelas em percentis para o público-alvo de acordo com sua escolaridade. Não há suporte informatizado.



 

8. BPA-2

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: A Bateria Psicológica para Avaliação da Atenção-2 (BPA-2) tem por objetivo mensurar a capacidade geral de atenção, bem como realizar uma avaliação de tipos de atençãoespecíficos, quais sejam: • Atenção Alternada (AA) • Atenção Concentrada (AC) • Atenção Dividida (AD)

Público-alvo: Pessoas com idades variando entre 6 e 94 anos, de ambos os sexos e com diferentes níveis de escolaridade.

Aplicação: Individual ou coletiva, com tempo determinado.

Pode ser utilizada em todo contexto em que a atenção precise ser avaliada, por exemplo, trânsito, porte e manuseio de arma de fogo, concursos públicos, processos seletivos, avaliações neuropsicológicas, entre outros.



 

9. CTA

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: A Coleção de Testes de Atenção (CTA) tem como objetivo avaliar três tipos de atenção: concentrada, dividida e alternada.

Público-alvo: Pessoas com idade entre 18 e 82 anos.

Aplicação: A aplicação pode ser individual ou coletiva. 1 minuto para concentrada, 1 minuto e 15 segundos para a alternada e 1 minuto e 45 segundos para a dividida.

É uma bateria de testes de atenção que pretende medir a atenção concentrada, dividida e alternada. Não há suporte informatizado. Cada um dos testes possui três versões diferentes para aplicação, ou seja, tanto o CTA-Concentrada quanto o CTA-Alternada e CTA-Dividida possuem formas 1, 2 e 3, o que oferece ao psicólogo diferentes possibilidades de aplicação.


 

10. D2-R

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: Avaliar a habilidade de atenção concentrada e sustentada.

Público-alvo: Em aplicação presencial o instrumento é destinado à indivíduos entre 07 e 76 anos de idade.

Em aplicação online, o instrumento é destinado a indivíduos entre 18 e 60 anos de idade.

Aplicação: A avaliação em lápis e papel é feita manualmente e o tempo aproximado é de 5 minutos. As instruções e os exercícios de treino correspondem a uma página, e a folha do teste. Além disso, são necessários caneta esferográfica e um cro­nômetro (para o aplicador). Na aplicação informatizada todo o processo é controlado pelo computador, através da Plataforma HTS, a qual possui as possibilidades de teste local e avaliação online remota.

O D2 – Revisado (D2-R) é um instrumento que avalia a habilidade de atenção concentrada e sustentada. A tarefa consiste em selecionar símbolos alvo dentre símbolos similares, sob pressão do tempo. O teste se destaca pela sua precisão de medida e existem várias evidências que assegurem que ele mede os construtos de atenção e concentração.

Trata-se de um teste econômico, relativamente resistente a fal­seamento, sendo assim, estratégias voltadas para a obtenção de me­lhores resultados são ineficazes, e a simulação de uma capacidade de desempenho rebaixada em muitos casos é passível de identificação. Há aplicação e correção informatizada.


 

11. EASV

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: A Escala de Atenção Seletiva Visual (EASV) avalia a capacidade do indivíduo de selecionar estímulos visuais identificando regularidades entre o modelo apresentado e os estímulos disponíveis para seleção. Possibilita uma avaliação mais refinada, pois propõe avaliar a atenção seletiva a partir da localização espacial do objeto.

Público-alvo: É destinado a pessoas com idades entre 18 e 70 anos, de ambos os sexos, com nível de escolaridade entre ensino fundamental incompleto e pós-graduação. O teste também possui normas para avaliação psicológica para obtenção de CNH.

Aplicação: A aplicação pode ocorrer de forma individual ou coletiva. O tempo para a resolução dos itens do teste, depois de explicados os exemplos, é de 9 minutos. Todo o processo de aplicação da EASV dura aproximadamente 25 minutos.

Escala de atenção seletiva visual focada em avaliar a partir da localização espacial do objeto apresentado. Há correção informatizada.


 

12. TAS

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: Avaliar a atenção seletiva definida como a capacidade de selecionar e manter o foco em um determinado estímulo em detrimento de outros presentes no ambiente.

Público-alvo: Pessoas com idade compreendida entre 15 e 60 anos, com escolaridade mínima a partir do Ensino Fundamental, de ambos os gêneros. Também pode ser aplicado em profissionais ou participantes de processo de avaliação psicológica para fins de seleção organizacional, além de pilotos de avião e candidatos à CNH. Essa população foi definida de acordo com as normas do instrumento.

Aplicação: Individual ou coletiva, com tempo pré-determinado (2 minutos e 30 segundos).

O TAS é composto por símbolos formados por figuras geométricas que devem ser canceladas conforme modelo apresentado. Além de sua aplicação convencional, pode ser uma alternativa para substituição a testes similares ou avaliação de candidatos que já conhecem outros instrumentos e muitas vezes foram submetidos mais de uma vez ao mesmo teste. O tempo reduzido de aplicação e a facilidade de correção e obtenção dos resultados otimizam o trabalho dos profissionais, sem interferir na qualidade da avaliação do construto abordado, já que os estudos de validade e precisão indicam suas adequadas propriedades psicométricas. Possui correção informatizada.



 

13. TEACO-FF

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: O Teste de Atenção Concentrada (TEACO-FF) avalia a capacidade de uma pessoa em selecionar apenas uma fonte de informação diante de vários estímulos distratores num tempo pré-determinado.

Público-alvo: Adultos de 18 a 61 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva. Possui tempo determinado (4 minutos), sendo que todo o processo de explicação e aplicação do teste não ultrapassa 10 minutos.

O Teste de Atenção Concentrada – TEACO-FF pode ser utilizado em pessoas que procuram a avaliação psicológica pericial para CNH e para a população geral. Portanto, o teste também pode ser utilizado nas áreas de recrutamento e seleção; avaliação para porte de arma, dentre outras, onde se pretenda avaliar atenção concentrada. Existem padrões de aplicação e pontuação baseada no número de acertos, erros e omissões, assim como normas de desempenho por idade, sexo, escolaridade, por tipo de avaliação ou categoria de CNH, por atividade remunerada ou não, e por região do país. Possui correção informatizada.



 

14. TEADI e TEALT

RESTRITO À PSICÓLOGOS

Objetivo: O Teste de Atenção Dividida (TEADI) fornece uma medida referente à capacidade da pessoa dividir a atenção, ou seja, a capacidade do indivíduo para procurar mais de dois estímulos simultaneamente. O Teste de Atenção Alternada (TEALT) avalia a capacidade que o sujeito tem para focar a atenção ora em um estímulo, ora em outro, ou seja, a capacidade de alternar a atenção.

Público-alvo: Adultos de 18 a 72 anos.

Aplicação: Individual ou coletiva. Possui tempo determinado(teadi 5 minutos, tealt 2 minutos e 30 segundos), sendo que todo o processo de explicação e aplicação de cada teste não ultrapassa 10 minutos.

A avaliação da atenção dividida e alternada pode ser utilizada em diversas áreas, como no contexto da perícia para o Trânsito (Carteira Nacional de Habilitação), em processos de seleção, treinamento e desenvolvimento, na área de Segurança (porte de arma), na área Clínica, em Orientação Profissional, em Avaliação Neuropsicológica, dentre outras. Existem padrões de aplicação, pontuação baseada no número de acertos, erros e omissões, assim como normas de desempenho por idade, sexo, escolaridade e regiões do país. Possui correção informatizada.



 

AVISO IMPORTANTE

  1. NENHUM TESTE É RESPONSÁVEL POR DIAGNOSTICAR UM TRANSTORNO. O diagnóstico tem que ser estruturado por um raciocínio clínico e de uma avaliação completa - que inclua entrevistas, observação, teste, entre outros processos.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Borsa, J. C., Lins, M. R. C. & da Rosa, H. L. R. S. (2022). Dicionário de Avaliação Psicológica. Editora Vetor.


27.189 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page